24 de julho de 2016

Desconhecida

Essa força desconhecida
que por dentro rebate meu ser
me deixa desvanecida
sem saber o que querer

No perverso inconsciente
ainda meio dormente
busco aceitar o presente
esse estranho hoje-agente

Ainda com tudo obcecada
reconhecendo essa força descontrolada
fico noite inteiras acordada
desejando trocar algumas palavras
com esse ser que surgiu sem data marcada

 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...