3 de maio de 2014

Entre

De todos os tons e sons
fui feito para sentir
De todas as formas e regras
fui feito para pensar
Entre ventos e nevoeiros
sou humano para tentar
Entre ondas e ventanias
posso reinventar
Como um lápis rabisco botecos e amores ao mar
Entre todos e um, toda gente sabe sonhar
Na escultura da vida cada sonho é um despertar


Um comentário:

Nilson Barcelli disse...

"Na escultura da vida cada sonho é um despertar".
Gostei de todo o poema, mas o final é de mestre...!!!
Bravo minha querida Lorena (adoro o teu nome, mas não sei por que escreves no masculino...).
Beijo grande.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...