16 de fevereiro de 2013

Amor de verão

No embalo da música romântica
vou viajando na melodia suave
esqueço do tempo
me entrego aos pensamentos.
Volto ao passado ainda presente no meu coração
Lembro do dia, da hora e dos segundos que vive pura emoção
Entre as recordações vejo sua imagem nitida e sorridente
Vou longe quando revivo aquele verão de dois adolescentes
Confesso que sinto falta, mas tudo é sempre passageiro
por mais que seja eterno e verdadeiro.
Sei que no  tempo tudo fica esquecido
Na memória as histórias criam conflitos
Mas só  no coração esse amor de verão  fica aquecido.




Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...