28 de abril de 2012

Amar :**

Amar é revelar e descobrir ao mesmo tempo
É chorar e ser feliz a cada momento
É fazer declarações de amor sem ter medo
Amar é esperar o beijo
É sentir o calafrio do desejo
é estar ao lado, sussurrar  no ouvido do amado
Amar é saber consolar a dor do inesperado.
Compartilhar cada sonho imaginado
Amar é  reconhecer a solidão
É sentir o corpo e a alma dentro da paixão.
É valorizar a vida sem esquecer do não
Amar é confiar nas palavras
é abandonar as mentiras.
Amar é falar com o olhar e com a lágrima aquecida
Amar é tudo que pulsa nas nossas vidas






27 de abril de 2012

FEIURA



Meu pranto de liberdade é acuado pelo medo
sussurros e gritos são o que atormentam meus pesadelos.
A dúvida,a razão são palavras vagas na vida.
Os apelos da morte sofrida
das lágrimas malditas
são as marcas e feridas frias deixadas pela violência sombria em nós.



26 de abril de 2012

Não é mais suficiente

Amar não é mais suficiente
Ter e ser ,sempre exige da gente
Somos porta-retratos moldurados por falsas regras que não existem
Palavras nada provam ,são linhas soltas que se agridem.
O que importa é sempre ter mais e parecer ainda  mais
Somos impacientes com humor irônico e sagaz.
O mundo agora gira em torno de cada um todo dia
amor não passa de hipocrisia,
não existe verdade além de belas mentiras.
Essa realidade distorcida  que atormenta e escraviza  
não pode destruir os sonhos e os desejos das nossas vidas.    

23 de abril de 2012

Deixe-me

Deixe-me sozinha com as memórias
Deixe-me aqui na estrada da vida
Não insista em chamar isso de amor
O que você senti por mim é leve como brisa
um sabor especial ,de um jeito delicado e passageiro
Não posso entregar meu coração para qualquer cavalheiro
Sou moça a moda antiga
Sou apaixonada pelas canções e rodas de cantigas
Leio poemas e acredito no amor verdadeiro sem feridas
Na varanda sempre espero encontrar o homem da minha vida .




Pintura de Alfred Stevens

20 de abril de 2012

Uma nova chance

Sei que está cansado de promessas que só causam desilusões
Você já não acredita no amor sem segundas intenções.
Conheço seu sofrimento, já chorei muito por esse sentimento
Mas não quero contar mentiras nem piadas
Não sei fingir quando estou apaixonada. 
Confesso meu amor temendo não ser amada
Com outras palavras não sei dizer ,de outras formas não sei como provar,
que estou aqui pronta para  te amar.
Sei que existem cicatrizes ,mas não se deixe levar
Não fique preso ao passado, tudo já acabou é preciso recomeçar
Essa é uma nova chance de você sentir o amor
Essa pode ser a última chance de você amar sendo um sonhador.



17 de abril de 2012

Revelei ,escrevi

Com a caneta despejei minha raiva
Com o poder das palavras
desprezei as pessoas ingratas
Fiz revelações que intimidaram.
Entre  palavras,virgulas e linhas,
fiquei livre ,me senti viva
perdi limites, formalidades ou uma falsa liberdade
a ser seguida e fingida .
Não sou poeta nem escritor
Sou alma ,sou voz que não se cala
sou ser pensante que não se cansa
sou menina falante, sou escrita constante
que vive na realidade arrogante.

14 de abril de 2012

Querer na vida

Querer é mais que poder 
Querer é acreditar antes de tudo em você
Querer é o primeiro passo para conquistar algo.
Tudo na vida é difícil quando queremos que seja difícil
Nada na vida é fácil porque queremos que seja fácil.
Não adianta ser vítima ou vilão 
Na vida tudo vai e volta 
Tudo  gira como um pião.
São os dias, horas ,minutos dos detalhes
que fazem sempre a diferença  
Não precisamos de regras nem padrões de felicidade
Para ver que a vida é um presente não uma sentença.



10 de abril de 2012

MENTIRA

A mentira corrompe vidas
formam feridas e produz lágrima
A mentira é a epidemia que destrói lembranças e coloca em risco a confiança nas palavras
A  farsa é o erro cometido ,é o sacrifício da verdade
são sentimentos escondidos ,é a falta de lealdade. 
Mentira é a doença que se espalha deixando evidência
Mentira da fim a história,acaba com o amor e fica viva na memória
Mentira traz angústia ,insonia e solidão 
Por mais sozinha e perdida que você esteja jamais crie uma mentira para salvar a si mesma



9 de abril de 2012

Me apaixonei...

Será que posso lamentar ?
Lamentar pelas lágrimas de dor ou pela morte sem aviso ?
Pelas palavras grosseiras de um amor não correspondido ?
Nem sei se existem respostas!!!
Não sei por que minhas noites são tão eternas e sem carinho
Apenas sei que sou um viajante do destino sem direção de um caminho
Minhas palavras covardes o vento levou
Minhas mentiras não foram esquecidas,
permaneceram pela dor
Falta coragem  para enfrentar a verdade
que fujo com medo de confessar deslealdade
Da minha vida só existe uma certeza que trago comigo
Que jamais fugirei da ilusão de sempre sonhar contigo.


7 de abril de 2012

minhas lembranças

Lembranças, saudades eternas
de cada gesto seu 
de cada olhar de encontro ao meu
Saudades das palavras não ditas 
Saudades das noites que em seus braços fui aquecida 

Tenho lembranças de cada beijo, sonho e desejo
Lembranças que não me deixam te esquecer
Que me fazem outra vez tudo reviver
Esse amor que foi tão intenso
esse amor que foi tão proibido
Ainda tenho sonhos desse desse amor escondido


2 de abril de 2012

Zumbido de uma paixão

Olho para o vazio e sinto alívio 
sei que dele nada posso esperar e somente a ele posso suicidar 
as feridas que você deixou para me matar.
Sinto o beijo gelado da chuva que me espreita
Sinto o toque aveludado do vento frio que me deseja
Nos sonhos escuto o medo desesperado que me corteja.
Sonhei com teus os olhos, me segurei em teus braços 
Construí um lugar para mim fazendo nós nos laços
E entre trovões e relâmpagos suas palavras clarearam o abismo 
Tudo foi ao chão como um espelho sem reflexo 
como uma espada do inimigo     
Amar pela 1ª vez confundiu meu coração
Não ouvi os gritos da minha mente dizendo :
-ISSO NÃO É AMOR É SÓ O ZUMBIDO DE UMA PAIXÃO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...